Orientação Vocacional e Profissional

Orientação Vocacional e Profissional

No Brasil existem cerca de 2.619 profissões catalogadas na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO). Por este número já é possível ter uma noção da dificuldade que os adolescentes enfrentam na hora de decidir por uma profissão. Neste momento crucial na vida dos jovens, faz-se necessária orientação vocacional e profissional.

A escolha da profissão geralmente começa no fim do ensino médio. É nesta hora que os pais começam cobrar dos filhos que carreira eles irão seguir. Por conta de inúmeras possibilidades, a decisão torna-se um verdadeiro martírio.

Muitos já possuem uma escolha desde pequenos, outros ficam em dúvida entre mais de uma profissão, e alguns não fazem a menor ideia do que cursar na universidade.

orientação vocacional e profissional

Para todos os casos, o processo de autoconhecimento é fundamental. É imprescindível que o adolescente defina, através da personalidade, as suas aptidões. Este escolha pode ser feito pelo próprio adolescente, mas o ideal é que seja feita com a ajuda profissional através do processo de orientação vocacional e profissional.

A orientação pode ser realizada por psicólogos e por coaches.

É comum o adolescente sofrer influências de pais, professores, amigos, meios de comunicação na escolha da profissão. Por este motivo, não contar com  a ajuda de uma orientação é um risco alto, tanto de insatisfação profissional quanto de desperdício de dinheiro.

Especialistas são unânimes em dizer: A escolha da profissão deve ser feita a partir de uma auto-reflexão e autoconhecimento. Conhecer-se a si mesmo, descobrindo seus pontos fracos e fortes, suas habilidades técnicas e comportamentais, seus desejos para o futuro.

Mesmo os jovens que dizem ter a certeza da qual profissão seguir, devem passar por uma orientação vocacional e profissional, para evitar a desistência dos cursos no início e até no meio da graduação.

recém-graduados felizes

Diferença entre teste vocacional e orientação vocacional:

O termo orientação vocacional e profissional ainda continua muito associado aos antigos testes vocacionais. Porem existe uma distância longa entre os dois. A primeira ajuda no conhecimento do perfil da pessoa, e assim conhecer suas áreas profissionais de interesse.

O teste vocacional oferecem as primeiras informações sobre as profissões com as quais há compatibilidade. A diferença entre orientação vocacional e teste vocacional está no aprofundamento da análise realizada, e isso faz toda a diferença.

Como é realizada

Normalmente o processo de orientação vocacional e profissional segue algumas etapas: entrevistas, pesquisas sobre dados de profissões, tendências de mercado, testes de personalidade para avaliar os conflitos internos e as potencialidades e o autoconhecimento.

O autoconhecimento é a etapa mais importante. É nele que o jovem identificará quais as influências que a família e os grupos onde convive contribuem para as suas decisões. A reflexão permitirá ao adolescente identificar seus verdadeiros valores e habilidades. Desta forma fica mais fácil saber quem se pretende ser.

estudantes posando para foto

Saiba mais sobre orientação vocacional e profissional do Instituto Denize TarabaikaClique aqui e agende sua primeira consulta. Seu sucesso é uma escolha!